Microsoft EDGE
BANNER A FORÇA DA VERDADE
Diário do País
SURREAL

“Lula é um amigo do povo palestino e esperamos sua volta”, diz líder do Hamas

Naim, que é médico e foi ministro da Saúde da Palestina entre 2007 e 2012, revelou que ficou “chocado” com a mudança política no Brasil para a extrema direita.

05/06/2021 15h32
Por: Diário do País
Fonte: Brasil 247

O Dr. Basem Naim, membro do Birô Político do Hamas e do Comitê de Relações Exteriores do partido palestino, em entrevista diretamente da Faixa de Gaza à TV 247, elogiou o ex-presidente Lula e disse que espera ansiosamente por seu retorno à presidência. Ele destacou que Lula é um grande amigo do povo palestino:

“Tenho que dizer que realmente apreciamos o apoio brasileiro durante anos e anos de história ao nosso povo. Começou anos atrás e, em particular, na presidência do Lula, foi um grande e vigoroso apoio à nossa causa. Não somente a relação pessoal com Lula, mas temos a sensação que há um comprometimento da liderança brasileira com a liberdade e a dignidade do povo palestino e a liberação da Palestina”.

Naim, que é médico e foi ministro da Saúde da Palestina entre 2007 e 2012, revelou que ficou “chocado” com a mudança política no Brasil para a extrema direita. “Então, para ser honesto, ficamos verdadeiramente chocados quando essa mudança ocorreu para a extrema direita. Foi chocante para nós, porque durante anos assistimos como o Brasil é um país grande e central na América Latina e sabemos da sua importância em liderar outros países na arena política. Deste modo, ficamos muito tristes com essa mudança. Não é somente uma leve mudança para a direita. O país teve um movimento extremo para a direita, que apoiou e adotou a posição estadunidense e a narrativa israelense inteiramente. O Brasil desrespeitou o direito e a legitimidade internacional”, disse. 

“Realmente, estamos muito tristes, mas, honestamente, ficamos muito felizes quando o presidente Lula foi libertado novamente e obteve uma nova chance para competir à presidência. Esperamos ansiosamente pelos dias quando veremos o Brasil novamente apoiando a Palestina e a luta palestina pela liberdade e dignidade”, completou. 

O entrevistado expôs ainda as diversas agressões dos “ocupadores” da Palestina, em referência a Israel. “Eles têm tudo que precisam para continuar a agressão contra nosso povo e continuar ocupando nossa terra”, denunciou. 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários