Diário do País
Microsoft EDGE
Windows 11
BANNER A FORÇA DA VERDADE
CLIMA DELICADO

Após fala de Aziz, Forças Armadas dizem que “não aceitarão ataque leviano”; confira

Pelo que estamos vivenciando, o senador amazonense não está nem aí para as Forças Armadas. Aziz se esquece do que é assegurado pela Constituição Federal em relação ao poder dos Militares.

07/07/2021 21h40Atualizado há 2 semanas
Por: Diário do País
Fonte: Diário do País

O presidente da CPI da COVID, senador Omar Aziz (PSD-AM), após atacar veemente a conduta ilibada das Forças Armadas do Brasil, recebeu a resposta que merecia nessa quarta-feira (07/07). 

Através de nota oficial divulgada pelo Exército, Marinha, Aeronáutica e pelo Ministério da Defesa, os militares afirmaram que não aceitam ataques levianos proferidos pelo senador Aziz. 

De acordo com pesquisas realizadas, as Forças Armadas são a instituição que mais o povo confia, admira e respeita no Brasil.

Após a divulgação da nota, Omar Aziz dá resposta às Forças Armadas: “podem fazer 50 notas, só não me intimidem”.

Pelo que estamos vivenciando, o senador amazonense não está nem aí para as Forças Armadas. Aziz se esquece do que é assegurado pela Constituição Federal em relação ao poder dos Militares. 

Leia a nota: 

Brasília, 07/07/2021 - O Ministro de Estado da Defesa e os Comandantes da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira repudiam veementemente as declarações do Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, Senador Omar Aziz, no dia 07 de julho de 2021, desrespeitando as Forças Armadas e generalizando esquemas de corrupção.

Essa narrativa, afastada dos fatos, atinge as Forças Armadas de forma vil e leviana, tratando-se de uma acusação grave, infundada e, sobretudo, irresponsável.

A Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira são instituições pertencentes ao povo brasileiro e que gozam de elevada credibilidade junto à nossa sociedade conquistada ao longo dos séculos.

Por fim, as Forças Armadas do Brasil, ciosas de se constituírem fator essencial da estabilidade do País, pautam-se pela fiel observância da Lei e, acima de tudo, pelo equilíbrio, ponderação e comprometidas, desde o início da pandemia Covid-19, em preservar e salvar vidas.

As Forças Armadas não aceitarão qualquer ataque leviano às Instituições que defendem a democracia e a liberdade do povo brasileiro.

Walter Souza Braga Netto
Ministro de Estado da Defesa

Alte Esq Almir Garnier Santos
Comandante da Marinha

Gen Ex Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira
Comandante do Exército

Ten Brig Ar Carlos de Almeida Baptista Junior
Comandante da Aeronáutica

 

Centro de Comunicação Social da Defesa (CCOMSOD)
Ministério da Defesa

 

Fonte: Diário do País 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários