Windows 11
Diário do País
DIARIO DO PAIS 1 ANO
CÂMARA DOS DEPUTADOS

Lira levará PEC do Voto Impresso ao plenário: ‘Momento é de urgência’

Proposta foi derrotada na comissão especial nesta quinta-feira.

07/08/2021 03h28
Por: Diário do País
Fonte: Diário do País, com Pleno News

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), anunciou nesta sexta-feira (6) que levará a PEC do Voto Impresso para ser votada no plenário da Câmara. A decisão de Lira surge um dia após o projeto ser derrotado, por 23 votos a 11, na comissão especial em que tramitava.

O anúncio foi feito em pronunciamento oficial nesta tarde. O deputado argumentou que tratar a matéria no plenário iria garantir a “tranquilidade das próximas eleições”.

– Para que possamos trabalhar em paz até janeiro de 2023, vamos levar sim a questão do voto impresso para o plenário, onde todos os parlamentares eleitos pela urna eletrônica vão decidir – justificou.

Lira também defendeu que a questão do voto impresso auditável, bandeira que tem sido levantada pelo governo Jair Bolsonaro e seus aliados, “está pautando o Brasil” e “tensionando” o Parlamento.

– Infelizmente assistimos nos últimos dias um tensionamento, quando a corda puxada com muita força leva os poderes para além dos seus limites. A Câmara sempre se pauta pelo cumprimento do regimento e pela defesa da expressão máxima da democracia – afirmou.

O presidente da Câmara disse ainda que “o momento atual é ainda de maior urgência”.

– Não é justo com o país e com a Câmara. Avançamos em muitas questões, atualizando e modernizando a legislação e retirando da gaveta projetos que estavam represados a muito tempo. O Brasil sempre teve pressa e o momento atual é ainda de maior urgência – disse.

 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.