Windows 11
DIARIO DO PAIS 1 ANO
Diário do País
OPINIÃO

Os desafios do jornalismo em meio aos mentirosos do Brasil - Por: Bruno de Lima

Estamos em momentos difíceis. O mundo atravessa a pandemia do coronavírus. Em meio a isso, surge ainda uma imprensa que, em sua grande maioria, é tendenciosa, mentirosa e alinhada com políticos que querem voltar ao poder.

Bruno de Lima

Bruno de LimaProfissional de Tecnologia da Informação e jornalista. É profissional PMC Microsoft Corporation (ID: 2493713) e Intel ITP. Membro do Clube de Fundadores do Microsoft Virtual Academy, nível GOLD. Começou a paixão pelo mundo da tecnologia aos 11 anos de idade. No jornalismo, é redator, tendo o primeiro contato com a área aos 17 anos de idade. Atuou em vários veículos de comunicação. É o fundador do jornal digital Diário do País. Escreve sobre tecnologia e outros. Redes sociais: @brunodelimabr

09/09/2021 13h21Atualizado há 7 dias
Por: Diário do País
Fonte: Bruno de Lima, do Diário do País

Desde criança sempre fui fascinado pelo mundo da tecnologia. Naqueles anos de jovem, aos 17 anos de idade, por meritocracia, passei na prova oficial da gigante do software, Microsoft, que me capacitou a se tornar membro da Academia Mundial de formação de profissionais de Tecnologia da Informação dessa empresa.

Recordo-me que, na época, a minha conquista foi estampada em uma coluna social do jornal Gazeta do Alto Piranhas, da cidade de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba. 

A fascinação pelo mundo dos computadores, em especial pelo fundador da Microsoft, Bill Gates, seus produtos e serviços, me fez submergir nesse universo ao qual me capacitei ao longe de mais de uma década até chegar ao nível Gold e ser membro do Clube de Fundadores da Microsoft Virtual Academy.

 

JORNALISMO DIGITAL, PIONEIRO NO INTERIOR DA PARAÍBA

Há mais de 10 anos atrás, eram raros os portais de notícias de grande porte na Paraíba. Com a experiência que já tinha na área de tecnologia, ao lado de um colega de profissão, decidi ousar e colocar no ar o portal de notícias Flash Cajazeiras. A paixão pelo jornalismo surgiu desse momento. Eu já militava na imprensa de Cajazeiras como fotógrafo e repórter. Chegou a hora de fazer o que mais eu gosto: redação. 

Naquela época, eu, com apenas 17 anos de idade, tive a ousadia de ser pioneiro em Cajazeiras no jornalismo digital nos moldes da atualidade, com o mesmo profissionalismo de grandes veículos de comunicação do Brasil.

De começo, os companheiros de imprensa admiravam minha ousadia, outros diziam que eu tinha muita coragem de fazer as matérias que publicava, outros ainda debochavam por eu ser apenas um adolescente. Muitos não acreditavam no Dom que Deus me deu. 

O Flash Cajazeiras cresceu. Surgia o momento de pensar em um nome de nível estadual. Mudamos o nome do Portal para Bis PB, depois Paraíba e Você e finalmente, em 2013, em meio aos protestos contra corrupção no Brasil, surge o Diário do País, portal de abrangência nacional.

 

AS LUTAS EM DEFESA DO POVO: O PERIGO DE NOTICIAR A VERDADE

Desde que entrei no jornalismo, sempre tive como alicerces os ensinamentos de Jesus Cristo de fazer o bem sem olhar a quem. Comecei a produzir e publicar matérias com denúncias contra os governantes em relação ao povo mais humilde.

Matérias com denúncias de descaso do Governo com relação aos moradores de um conjunto habitacional da cidade de Cajazeiras, denominado de Ronaldo Cunha Lima, vieram a se tornar públicas. Fui até o povo daquele conjunto. Por lá, flagrei momentos de desespero. As casas foram entregues sem saneamento básico, com esgotos jogado nas ruas, sem calçamento. Aqueles cidadãos moravam em condições sub-humanas. Rapidamente comecei a incomodar os "poderosos" da Paraíba devido tal investida.

A luta em defesa dos menores não parou por aí. Comprei brigas com gente de muito "poder". Arrisquei-me em pautas que ninguém teria coragem de se submeter. Fui destemido e continuo sendo.

Tentaram por diversas vezes destruir minha reputação. Desde atentados contra minha vida, ameaças, calúnias, difamações. Porém, a verdade sempre prevaleceu e escapei de tudo. 

Se queres, de fato, fazer um jornalismo verdadeiro, terás que ter em mente que sua vida está em risco. Porém, nada vence a verdade.

 

CORRUPÇÃO NUNCA MAIS

O Diário do País ao nascer em meio aos escândalos de corrupção do ano de 2013 fez com que, mais uma vez, comprássemos brigas com os políticos do Brasil.  

Acampamos uma árdua campanha contra a corrupção no Brasil. O Diário do País até hoje utiliza a logomarca inicial: a bandeira do Brasil desenhada com traços de um pincel e o nome do portal.

A logomarca do Diário do País traz um sentido bastante peculiar. A bandeira do Brasil, desenhada com traços de um pincel, retrata que o nosso País é, assim como a tinta, capaz de colorir e alegrar as vidas dos cidadãos desse solo. O que mantém o nosso povo de pé é essa "tinta" que nos enche de esperança de que sempre é possível ter uma País mais justo para todos. Somos patriotas e não temos "apadrinhamentos" com ninguém. 

No Diário do País sempre lutaremos contra toda forma de corrupção e, acima de tudo, somos um Jornal voltado para o povo.

 

CONTRA FATOS, NÃO HÁ ARGUMENTOS: A FORÇA DA VERDADE

Estamos em momentos difíceis. O mundo atravessa a pandemia do coronavírus. Em meio a isso, surge ainda uma imprensa que, em sua grande maioria, é tendenciosa, mentirosa e alinhada com políticos que querem voltar ao poder.

Nosso slogan: "Contra fatos, não há argumentos!", vem para dizer que, mesmo que existam as mentiras e manipulações por parte da grande mídia, o Diário do País sempre está disponível a desmentir cada uma. Seja pelo nosso setor de jornalismo de checagem de notícias falsas (Fake News), até a defesa dos princípios cristãos e do conservadorismo.

Somos um portal com conteúdo acessível a todos os públicos. Do mais idoso ao jovem, nossas notícias serão sempre livres para todos.

Em junho de 2021, numa propositura do vereador Lamarque Barros, da cidade de Cajazeiras, Paraíba, o Diário do País e a minha pessoa fomos agraciados com moção de aplausos por parte da Câmara Municipal. A moção foi um reconhecimento pelos serviços prestados ao longe de anos para a sociedade.

Muito obrigado, em primeiro lugar, ao Mestre, Jesus Cristo, bem como aos amigos, internautas, leitores, seguidores, familiares e todo o povo. Gratidão pela confiança.

A força da verdade não pode ser sucumbida.

É difícil derrotar alguém que não desiste nunca. 

Contem com o Diário do País na defesa de vocês. Nosso e-mail para envio de qualquer tipo de material é o: [email protected] - você também pode entrar em contato pelo Fale Conosco do nosso portal ou clicando aqui. Asseguramos o sigilo das fontes como é regido pela Constituição Federal de 1988.

 

Escrito por: Bruno de Lima – Jornalista fundador do Diário do País e Profissional de Tecnologia da Informação Microsoft Corporation PMC/CSP e Intel ITP. E-mail: [email protected] - Redes sociais: @brunodelimabr

 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.