DIARIO DO PAIS 1 ANO
Windows 11
Diário do País
CIDADES

Prefeitura estuda implementar linha de VLT no Centro de Porto Alegre que ligaria Rodoviária e Gasômetro

VLT do Rio de Janeiro é a inspiração da Prefeitura de Porto Alegre.

27/10/2021 15h16Atualizado há 1 mês
Por: Diário do País
Fonte: Diário do País, com POA 24 Horas

A Prefeitura de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, está realizando estudos técnicos e de viabilidade econômica sobre a possibilidade de implementação de uma linha de VLT (Veículo leve sobre trilhos) no Centro Histórico. Ainda sem qualquer previsão de prazo, a ideia vem sendo trabalhada pelo secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos de Porto Alegre, Cezar Schirmer, que se diz um entusiasta do VLT, e pelo secretário municipal de Mobilidade, Luiz Fernando Záchia. Se considerado viável, o novo modal promoveria a reorganização das linhas de ônibus no Centro, com a passagem integrada para os usuários. A informação é do Sul 21.

Segundo a reportagem, Schirmer pontuou que, antes da pandemia, passavam pelo Centro 33 mil viagens de ônibus diárias. São 19 terminais de ônibus, entre linhas municipais e intermunicipais, 220 paradas, 52 pontos de táxi. “O Centro é um espaço conflagrado do ponto de vista da mobilidade urbana. Se tu pegar a Salgado Filho, é uma rodoviária a céu aberto”.

O secretário destaca que a construção da nova Ponte Guaíba transformou o viaduto sobre a Rua Dona Teodora em local de passagem de todo o tráfego de veículos da BR-116, da RS-290 e da Estrada da Produção que não se dirige ao Centro ou a Zona Sul de Porto Alegre. Neste sentido, avalia que o ideal seria levar a Rodoviária de Porto Alegre para a região. Como a ideia depende do governo do Estado, outra ideia seria aproveitar a capacidade ociosa da Rodoviária para aliviar o trânsito de ônibus do Centro.

“O Estado licitou a Rodoviária onde ela está e deu deserta (a licitação). Aí nós começamos a conversar com o Estado a possibilidade de colocar na Rodoviária alguns terminais da região metropolitana e mesmo linhas urbanas de Porto Alegre”, diz.

Neste cenário, o acesso ao Centro, a partir da Rodoviária, poderia ocorrer por uma linha de VLT. A discussão de momento na Prefeitura que uma primeira linha de VLT poderia ser estabelecida entre a Rodoviária e a Praça XV, antiga estação de bondes da Capital, percorrendo um trecho de 1,3 km. Uma segunda fase imaginada levaria as pessoas do local até a Usina do Gasômetro, um trecho de 1,5 km, o que totalizaria 2,8 km de linhas de VLT.

Schirmer imagina que, além de uma solução de mobilidade urbana, a implementação do VLT poderia servir para requalificar o espaço urbano do Centro. “Em qualquer lugar do mundo onde foi colocado o VLT, houve imediatamente uma revitalização por onde ele passa e também do entorno”, diz.

Pela ideia atual, o trajeto da primeira fase ligaria a Rodoviária ao Largo Glênio Peres pela Av. Voluntários da Pátria. “Se tu for caminhando pela Voluntários, é camelô, é ambulante, é sujeira, calçada estragada. Agora, se tu levantar a cabeça e olhar para os lado, tem prédios maravilhosos ali, lindos. É uma região belíssima, mas totalmente degradada. Então, tu imagina fazer um VLT ali, tenho certeza que, no outro dia, vão começar a melhorar aqueles prédios, vai começar a ter outro tipo de frequência, outro tipo de ambiente, vai ter outra estética urbana. Então, é um movimento de valorização, requalificação e revitalização do Centro Histórico”, afirma.

Schirmer pontua que ele e o secretário municipal de Mobilidade, Luiz Fernando Záchia, já visitaram Caxias do Sul e Rio de Janeiro para conhecer as experiências locais de VLT. Ele frisa que o tema vem sendo debatido internamente desde o início da gestão de Sebastião Melo, mas que, após a visita recente ao Rio de Janeiro, o prefeito orientou a realização de um estudo técnico e de viabilidade econômica para a implementação do modal. “Há uma decisão política de avançar nessa direção”, diz.

O secretário afirma que, no momento, não há prazo para a conclusão dos estudos, tampouco seria possível estimar um prognóstico de quando a primeira linha de VLT poderia começar a operar na cidade. Contudo, ele acredita que, uma vez considerado viável, poderia ser implantado até o final deste mandato. “Uma primeira linha de 1,2 mil metros, obviamente que demanda estudos técnicos, mas se houver possibilidade concreta e a decisão nessa direção, até o fim do governo Melo isso vai ser implantado”, diz.

 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Porto AlegrePorto Alegre - RS Porto Alegre é um município brasileiro e a capital do estado mais meridional do Brasil, o Rio Grande do Sul. Com uma área de 496,682 km², possui uma geografia diversificada, com morros, baixadas e um grande lago: o Guaíba. Dista 2 027 quilômetros de Brasília, a capital nacional.
João Pessoa - PB
Atualizado às 11h37
31°
Nuvens esparsas Máxima: - Mínima:
35°

Sensação

19 km/h

Vento

63%

Umidade

Fonte: Climatempo
ITech 10
FAKE NEWS
VOCE REPORTER
ESTÁCIO
Municípios
FLAMENGO
Últimas notícias
VATICAN NEWS
Mais lidas
ANUNCIE 4
Anúncio