Windows 11
Diário do País
DIARIO DO PAIS 1 ANO
EDUCAÇÃO

MEC publica Portaria que regulamenta a certificação das Escolas Cívico-Militares

O documento estabelece os critérios para a certificação das escolas, considerando os avanços nos objetivos e iniciativas estratégicas do Programa.

01/11/2021 16h51Atualizado há 1 mês
Por: Diário do País
Fonte: Diário do País, com MEC

Governo Federal, por meio do Ministério da Educação (MEC), publicou a Portaria nº 852, que regulamenta a certificação das Escolas Cívico-Militares (Ecim) que adotam o modelo do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim). A Portaria estabelece normas para a execução da certificação das unidades escolares do Programa, que compreende a mensuração e a verificação do modelo cívico-militar.

Entre os principais objetivos da certificação destacam-se: demonstrar que a gestão do Pecim é efetivamente aplicada na escola; possibilitar uma análise com equidade, identificando cada escola conforme o seu grau de avanço na aplicação e nos resultados obtidos; e observar a melhoria dos processos na escola, proporcionando condições favoráveis para a melhoria dos indicadores de educação.

A certificação das escolas se dará por meio da aplicação do modelo de gestão e compreenderá três níveis: básico, intermediário e avançado. A metodologia utilizada na certificação considerará os estágios de evolução das escolas, a saber:

▪  Nível básico: baseado na aplicação do modelo da Ecim, em que será considerado se a escola conseguiu implementar os requisitos previstos nas diretrizes;

▪  Nível intermediário: além do que compreende o nível básico, serão observados os primeiros resultados obtidos pela Ecim nas iniciativas estratégicas do Programa; e

▪  Nível avançado: serão avaliados, além do que consta nos níveis anteriores, os resultados de impacto e de atingimento do objetivo do Programa. 

A certificação abrangerá as escolas que implantaram o modelo em 2020 e atingiram o nível básico.

 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.