Diário do País
DIARIO DO PAIS 1 ANO
Windows 11
JUDICIÁRIO

TRF autoriza retomada de apuração sobre atentado contra Bolsonaro

Tribunal rejeitou recurso que impedia retomada do caso.

03/11/2021 22h56Atualizado há 1 mês
Por: Diário do País
Fonte: Diário do País, com Agência Brasil
Jair Messias Bolsonaro durante atentando contra sua vida na campanha presidencial de 2018. O criminoso autor é Adélio Bispo, que segundo divulgado já foi filiado à partido de esquerda. Foto: arquivo
Jair Messias Bolsonaro durante atentando contra sua vida na campanha presidencial de 2018. O criminoso autor é Adélio Bispo, que segundo divulgado já foi filiado à partido de esquerda. Foto: arquivo

O Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, sediado em Brasília, decidiu hoje (3) rejeitar um recurso que impedia a retomada das investigações sobre o atentado contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a campanha eleitoral de 2018. O caso envolve a suposta participação de pessoas que seriam os mandantes ou teriam atuado em parceria com Adélio Bispo, autor da facada. 

O colegiado rejeitou um recurso da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) que contestava medidas de busca e apreensão determinadas pela Justiça Federal em 2019 contra advogados particulares que se apresentaram para defender Adélio. 

Ao comentar o resultado o julgamento, o advogado Frederick Wassef, representante de Bolsonaro, disse que a morte do presidente foi encomendada e a Polícia Federal (PF) poderá prosseguir com as investigações. 

Segundo Wassef, a partir de agora, imagens de câmeras que mostrariam o encontro de pessoas que contrataram os advogados particulares e celulares apreendidos poderão ser analisados. 

“Todas as informações, todos os elementos colhidos até o momento pela Polícia Federal e outros mais que serão colhidos poderão ser usados na investigação. Isso acarretará no desdobramento de novas investigações e até abertura de novos inquéritos policiais para chegar à autoria, aos mandantes, quem encomendou a morte de Jair Bolsonaro, quem pagou, quem está por detrás disso”, afirmou. 

Em junho de 2019, Adélio Bispo foi absolvido pela facada. A decisão foi proferida após o processo criminal que o considerou inimputável por transtorno mental. 

Na decisão, o magistrado responsável pelo caso decidiu também que ele deveria ficar internado em um hospital psiquiátrico por tempo indeterminado. No entanto, diante de sua periculosidade e da falta de vagas, Adélio permanece no presídio federal de Campo Grande, onde está preso desde o atentado. 

 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
BrasíliaBrasília - DF Brasília é a capital federal do Brasil e a sede de governo do Distrito Federal. A capital está localizada na região Centro-Oeste do país, ao longo da região geográfica conhecida como Planalto Central.
João Pessoa - PB
Atualizado às 11h37
31°
Nuvens esparsas Máxima: - Mínima:
35°

Sensação

19 km/h

Vento

63%

Umidade

Fonte: Climatempo
FAKE NEWS
ITech 10
VOCE REPORTER
ESTÁCIO
Municípios
FLAMENGO
Últimas notícias
VATICAN NEWS
Mais lidas
ANUNCIE 4
Anúncio