Windows 11
DIARIO DO PAIS 1 ANO
Diário do País
FUTEBOL

Primeiro a chegar, Coutinho fala em trabalho duro em sua volta à Seleção Brasileira

Coutinho está de volta aos gramados desde setembro, após passar nove meses afastado por conta de duas cirurgias no menisco do joelho esquerdo. O procedimento foi realizado pelo Dr. Rodrigo Lasmar, médico da Seleção Brasileira.

08/11/2021 16h34
Por: Diário do País
Fonte: Diário do País, com LANCE!

Após mais de um ano sem ser convocado pela Seleção Brasileira, o meia Philippe Coutinho, do Barcelona, voltou a ser chamado para o técnico Tite, para os duelos contra Colômbia e Argentina, pelas Eliminatórias para Copa do Mundo, no Catar, em 2022, e foi o primeiro atleta a se apresentar, ainda na noite do último domingo (7).

- Trabalho é o principal, tecla que sempre bato, eu batalhei bastante para vir aqui e ser convocado pela primeira vez, trabalhei bastante par a em manter aqui e batalhei muito para, depois de três cirurgias, poder voltar. Segredo de tudo é o trabalho, dedicação, é isso que eu proponho a mim, que a cada dia que passe, tanto na seleção quanto no clube. Não tive sequência de cinco, seis jogos seguidos, jogando, para estar no meu melhor nível, mas pelo meu trabalho, tenho certeza que as pessoas vão voltar a olhar com outros olhos - disse Phillipe em entrevista coletiva virtual realizada nesta segunda-feira (8).

O meia também não escondeu a felicidade com a sua nova fase podendo vestir a camisa verde e amarela.

- Sempre encaro como a primeira convocação, venho aqui e dar meu máximo para me manter aqui, fui o primeiro a chegar, cheguei ontem a noite com uma felicidade enorme, falava brincando com o Vini (Rodrigues, assessor de imprensa da Seleção), porque geralmente não gosto de dar coletiva, mas falei para ele me colocar que eu iria, então tô muito feliz mesmo - ressaltou o atleta.

Coutinho está de volta aos gramados desde setembro, após passar nove meses afastado por conta de duas cirurgias no menisco do joelho esquerdo. O procedimento foi realizado pelo Dr. Rodrigo Lasmar, médico da Seleção Brasileira.

- Depois de tudo o que eu passei, de tudo o que aconteceu no ano que passou, momento muito difícil, onde gerou muitas incertezas na minha cabeça e, enfim, com muito trabalho muita dedicação, pude voltar a jogar futebol, claro que aproveito para agradecer ao Doutor Rodrigo Lasmar que me operou, cirurgia foi um sucesso, acompanhou todo o passo a passo da cirurgia e hoje, graças a Deus, tô de volta, e essa frase é uma parada que eu sinto, porque depois de tudo o que eu passei me sinto merecer de tudo isso, de tá aqui de volta, de tá mais forte mentalmente e depois de tudo o que eu passei - ressaltou o meia da Seleção.

Coutinho vestiu a camisa da Seleção Brasileira em 63 ocasiões e tem 18 gols marcados com a Amarelinha.

 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.