Diário do País
DIARIO DO PAIS 1 ANO
Windows 11
OPINIÃO

Jesus nos convida a erguermos nossa voz em defesa dos mais pobres – Por: Bruno de Lima

A Igreja Católica Apostólica Romana celebra neste domingo (14/11), o Dia Mundial dos Pobres. Que essa data em defesa dos mais necessitados não seja lembrada apenas uma vez por ano e sim todos os dias.

Bruno de Lima

Bruno de LimaProfissional de Tecnologia da Informação e jornalista. É PMC Microsoft Corporation (ID: 2493713) e Intel ITP. Membro do Clube de Fundadores do Microsoft Virtual Academy, nível GOLD. Começou a paixão pelo mundo da tecnologia aos 11 anos de idade. No jornalismo, é redator, tendo o primeiro contato com a área aos 17 anos de idade. Atuou em vários veículos de comunicação. É o fundador do jornal digital Diário do País. Escreve sobre tecnologia e outros assuntos. Redes sociais: @brunodelimabr

13/11/2021 22h50Atualizado há 3 semanas
Por: Diário do País
Fonte: Bruno de Lima, do Diário do País e Brasil da Hora
Representação de um pobre conversando com Jesus Cristo. Foto: arquivo
Representação de um pobre conversando com Jesus Cristo. Foto: arquivo

Ele viveu em tudo a condição humana, menos o pecado; anunciou ao mundo a Salvação Eterna; amou a humanidade ao ponto de se entregar à própria morte, e morte de Cruz, para nos salvar; Ele foi Rei coroado com espinhos; era Senhor, mas se fez servo; foi o que mais amou; Conselheiro, Deus Santo, Pai da Eternidade, Deus Forte, Príncipe da Paz, Emanuel. Não lhe foi encontrado crime algum, mesmo assim foi condenado e morto. Quem é ele? Jesus Cristo, o Santo Filho de Deus!

Caríssimos, nós, cristãos, somos chamados todos os dias a refletirmos sobre a vida de Nosso Senhor Jesus Cristo e seus ensinamentos. A Bíblia é a Sua Palavra, a qual nos orientamos e devemos ser anunciadores dela. Jesus, é, sem dúvidas, um Pai muito bondoso e compassivo que nos ensina infinitos saberes, mas, hoje, quero destacar a sua pobreza enquanto viveu na Terra.

Nos relatos do Novo Testamento, na Bíblia Sagrada, podemos constatar que Jesus Cristo viveu toda sua vida com o povo, especialmente os mais pobres. Embora tivesse aceitado vários convites para festas, como aconteceu nas Bodas de Caná, na Galileia, Jesus veio para os que mais precisam.

Em uma das passagens bíblicas, Jesus, que usava de parábolas para passar seus ensinamentos, disse que: “é mais fácil um camelo passar por um buraco de uma agulha do que um rico entrar no Reino do Céu”.

As palavras de Jesus sempre foram muito fortes, sábias e cheias do Espírito Santo. Ao dizer que um rico raramente ganha o Reino do Céu, ele nos alerta para sermos humildes e defensores dos oprimidos. Jesus não tinha nem ao menos um lugar digno onde pudesse descansar para dormir. Muitas vezes o Mestre se deitava ao chão, sem nenhum tipo de conforto. Seu nascimento, numa estrebaria, já mostra o quanto Ele se fez pobre.

Poderia me estender e citar muitos outros exemplos do que Jesus ensinou para que defendêssemos os mais pobres em nossas vidas, mas, eis que termino com os exemplos mencionados.

 

DIA MUNDIAL DOS POBRES

Independente da sua religião, os cristãos católicos celebram neste domingo (14/11), o Dia Mundial dos Pobres, que foi instituído pelo Papa Francisco.

A palavra de Deus nos exorta a vivermos uma vida de Santidade, Penitência, Arrependimento e, dentre outras, sermos defensores dos mais pobres. Neste sentido, está enraizado o Dia Mundial dos Pobres.

Este ano o Papa Francisco escolheu a cidade de Assis, na Itália, para fazer uma visita e se reunir com mais de 500 cidadãos que vivem em extrema pobreza. Mas, qual o porquê de Francisco escolher essa cidade?

Assis foi a cidade em que nasceu São Francisco de Assis. A história deste santo da igreja católica é muito bela. Em resumo, Franciso era de família muito rica. De repente, ao aceitar o Chamado de Jesus, largou todos seus bens, rasgou suas vestes e imergiu numa vida dedicada ao Senhor, aos pobres e ao amor aos animais. Francisco de Assis é o santo ao qual seu exemplo deve ser seguido por todos nós.

Que nossa vida seja pautada em erguer nossas vozes em defesa dos pobres, oprimidos, injustiçados e perseguidos. Um mundo melhor se constrói quando desfazemos nossas diferenças e damos as mãos em torno de um só propósito: anunciar Jesus ao mundo inteiro e seu Amor que é eterno.

Ame mais, perdoe mais. Abrace mais, julgue menos. Acolha, não exclua. Seja servo, pois aquele que quer ser o mais importante no Reino de Deus é aquele que mais serve.

Que o amor de Cristo nos una em torno da mesa da igualdade, onde, na Glória Eterna, viveremos no Céu.

O que Deus fez em nós o mundo não pode entender. Quando estivermos no “fundo do poço”, lembremos que Jesus vem ao nosso encontro e que nós somos abençoados por Ele. Mesmo em situações difíceis e impossíveis, para Deus nada é impossível. Nunca haverá noite, tragédia, peste ou enfermidade, que abale nossa Fé, pois estamos firmados na Rocha.

+Fique na Paz e no Amor de Nosso Senhor Jesus Cristo.

 

Escrito por: Bruno de Lima – Jornalista fundador do Diário do País e do Brasil da Hora. Profissional de Tecnologia da Informação Microsoft Corporation PMC/CSP e Intel ITP. E-mail: [email protected] - Redes sociais: @brunodelimabr

 

Conheça o Jornal BRASIL DA HORA: www.brasildahora.com 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.