Windows 11
DIARIO DO PAIS 1 ANO
Diário do País
OPINIÃO

Privatização e a alta dos preços dos combustíveis - Por: Juciane Cunha

Segundo Guedes a Petrobras daqui 30 anos não valerá nada. Governo e ministério da Economia seguem juntos organizando meios para ajudar a população.

Juciane Cunha

Juciane Cunha Juciane Cunha é economista, pós-graduada em administração pública, estudante de Direito, Bolsonarista e ex-presidente do PSL Mulher de São José dos Campos-SP. Esta é mais uma patriota que passa a integrar o seleto time de colunistas do Diário do País. Instagram: @jucianecunhaoficial

17/11/2021 14h50
Por: Diário do País
Fonte: Juciane Cunha, do Diário do País e Brasil da Hora
Alta nos preços dos combustíveis vem sendo constante devido a Petrobras. Foto: arquivo
Alta nos preços dos combustíveis vem sendo constante devido a Petrobras. Foto: arquivo

No começo da pandemia, em abril de 2020, com o mundo parado, o preço do petróleo chegou à casa dos 20 dólares, levando o Oriente Médio a fechar as torneiras. Agora, as economias voltaram ao normal, mas a oferta não. Assim, o petróleo brent está em cerca de 85 dólares o barril. Outro fator que explica a alta é a baixa produção do chamado óleo de xisto dos Estados Unidos. O país não conseguiu retomar os níveis de produção do pré-pandemia.

A expectativa do mercado é que com o retorno das atividades normais, a produção normalize, com o aumento da produção, teremos mais oferta e a relação óbvia é a baixa dos preços ao consumidor final. 

O Brasil sozinho não consegue aumentar rapidamente a produção de petróleo para tentar conter de alguma forma essa alta, e mesmo assim o volume seria pouco. Além disso, o país também tem uma limitação de capacidade de refino.

A privatização da Petrobrás neste momento, com preços altos do combustível, não é uma saída, pois passaria o monopólio do estado, para    mãos privadas, o que pressionaria ainda mais a alta. O Presidente Bolsonaro concorda e diz que privatizar uma empresa não é algo fácil, ele ainda diz, que tem os Correios à frente. 

Segundo Guedes a Petrobras daqui 30 anos não valerá nada. Governo e ministério da Economia seguem juntos organizando meios para ajudar a população.  

OBS: Se você leu até aqui, parabéns, você entendeu que a alta dos preços foi resultado da pouca produção. Aumentando a produção, teremos mais petróleo no mercado e isso por si só pressiona o preço para baixo, e sem a interferência do governo.

 

Escrito por: Juciane Cunha, do Diário do País e Brasil da Hora

Conheça o Jornal BRASIL DA HORA: www.brasildahora.com 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.