DIARIO DO PAIS 1 ANO
AJUDE
OPINIÃO

Quem afirma que Jesus é comunista não passa de mentiroso e traidor - Por: Bruno de Lima

Seja na Bíblia Sagrada, teologia, ou Cristologia, em nenhum momento o Mestre, Jesus, teve algum traço comunista.

Bruno de Lima

Bruno de LimaProfissional de Tecnologia da Informação e jornalista. É PMC Microsoft Corporation (ID: 2493713) e Intel ITP. Membro do Clube de Fundadores do Microsoft Virtual Academy, nível GOLD. Começou a paixão pelo mundo da tecnologia aos 11 anos de idade. No jornalismo, é redator, tendo o primeiro contato com a área aos 17 anos de idade. Atuou em vários veículos de comunicação. É o fundador do jornal digital Diário do País. Escreve sobre tecnologia e outros assuntos. Redes sociais: @brunodelimabr

27/11/2021 13h19Atualizado há 1 mês
Por: Diário do País
Fonte: Bruno de Lima, do Brasil da Hora e Diário do País
Mulher brasileira usa cartaz contra o comunismo. Foto: arquivo
Mulher brasileira usa cartaz contra o comunismo. Foto: arquivo

As pessoas de mau-caráter e mentirosas costumam afirmar que Jesus Cristo é comunista, o que é uma mentira, calúnia e infâmia demasiadas.

Seja na Bíblia Sagrada, teologia, ou Cristologia, em nenhum momento o Mestre, Jesus, teve algum traço comunista.

Vamos analisar os fatos.

 

Jesus não veio para abolir a Lei

Em algumas passagens da Bíblia podemos afirmar veementemente que Jesus não veio ao mundo para abolir a lei: "Não penseis que vim destruir a Lei ou os Profetas. Eu não vim para anular, mas para cumprir. 18 Com toda a certeza vos afirmo que, até que os céus e a terra passem, nem um iou o mínimo traço se omitirá da Lei até que tudo se cumpra." - Mateus: 5, 17-18.

Nesta passagem do Livro de São Mateus, Jesus mostra que não veio para destruir a Lei ou os Profetas. Jesus foi obediente às Leis até seus últimos dias de vida. Aqui, está o contrário do que prega o comunismo.

O comunismo tem como alguns dos seus "alicerces" a destruição da propriedade privada, o anarquismo, a instalação de um governo autoritário, revolucionário e, consequentemente, a abolição do ordenamento jurídico (as Leis).  

Aqui, cai por terra, mais uma mentira dos comunistas.

 

Jesus não foi revolucionário

Outra mentira e característica que os comunistas atribuem ao Senhor Jesus é que ele foi um revolucionário.

Jesus não foi revolucionário no aspecto comunista. Ele não ergueu e nem pregou nenhum tipo de ensinamento que fosse atribuído a esse tipo de conduta.

Porém, Jesus foi um revolucionário, não da ideia marginal de Karl Marx e dos comunistas. A revolução que Jesus fez foi anunciar o Reino de Deus e o Amor.

Leiamos mais uma passagem bíblica: Naquele tempo, Pilatos chamou Jesus e perguntou-lhe: “Tu és o rei dos judeus?” Jesus respondeu: “Estás dizendo isto por ti mesmo ou outros te disseram isto de mim?” Pilatos falou: “Por acaso sou judeu? O teu povo e os sumos sacerdotes te entregaram a mim. Que fizeste?” Jesus respondeu: “O meu reino não é deste mundo. Se o meu reino fosse deste mundo, os meus guardas lutariam para que eu não fosse entregue aos judeus. Mas o meu reino não é daqui”. Pilatos disse a Jesus: “Então tu és rei?” Jesus respondeu: “Tu o dizes: eu sou rei. Eu nasci e vim ao mundo para isto: para dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade escuta a minha voz”. – João: 18, 33b-37.

Nesse Evangelho de São João, Jesus proclama que não é Rei e reafirma: "meu reino não é daqui".

"Eu nasci e vim ao mundo para isto: para dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade escuta a minha voz." - Aqui Jesus veio para dar testemunho da verdade. Quem é da verdade escuta a voz do Senhor Jesus. Comunista nenhum anuncia ou vive a verdade, pois são ateístas. 

Jesus é a verdade, a luz, o caminho, o princípio e o fim. Por ele os Anjos cantam Glória e todos os joelhos se prostam, no Céu, na Terra e no Inferno.

 

O Mestre do Amor

Jesus, quando perguntado pelos Doutores da Lei sobre quais são os mandamentos principais, ele resumiu em dois e disse: "o primeiro dos mandamentos é: amarás ao Senhor teu Deus sobre todas as coisas, com toda sua vida, alma e coração. O segundo é semelhante a este: amarás o teu próximo como a ti mesmo. Quem cumpre estes dois mandamentos, cumpre todos os demais". - Jesus Cristo.

Aqui Jesus mostrou, mais uma vez, que o amor a Deus e aos irmãos são o resumo de todos os outros mandamentos. Você acha que comunista ama a Deus e ao próximo? Não. Eles não amam, pois como eu disse, são ateus.

 

27 de novembro — Dia Nacional de Luta Contra o Comunismo*

O dia 27 de novembro é uma data que nunca deve ser esquecida pelos brasileiros. Nesta data, comemoramos a vitória sobre os traidores que, a soldo de uma potência estrangeira, intentaram transformar o Brasil em uma República comunista, e prestamos homenagens às vítimas dessa sangrenta insurreição. Durante aquela que ficou conhecida como a “Intentona Comunista”, oficiais legalistas foram apunhalados por colegas de farda enquanto dormiam. Moças foram estupradas. Civis foram roubados e mortos.

Trata-se de um caso real, ocorrido no Brasil, e não de informações relativas a terras longínquas.

Na década de 1930, o comunismo dominava apenas dois países em todo o mundo: a União Soviética e seu satélite inexpressivo, a Mongólia. Para o movimento comunista internacional, era vital tirar a Rússia do isolamento e expandir a revolução socialista, conforme o princípio marxista de que o comunismo deve ser implantado em escala mundial. Nesses anos, abriu-se a possibilidade de “exportar” a revolução: Luiz Carlos Prestes e seus companheiros do PCB (Partido Comunista do Brasil) convenceram o governo de Moscou de que o Brasil estava “maduro” para a revolução comunista.

Brasil foi um dos primeiros países do mundo a se tornar alvo do comunismo soviético.

O imperialismo soviético tinha especial interesse pelo Brasil, o país mais importante da América ibérica e do Atlântico Sul, além de contar com imensas reservas de recursos naturais. Num relatório datado de 20.09.1930, enviado a Moscou por Abraham Guralski, então chefe do escritório sul-americano do Komintern, constava que “o Brasil é e continuará sendo o centro de gravidade de todas as batalhas futuras” (WAACK, William. Camaradas; A história secreta da revolução brasileira de 1935 nos arquivos de Moscou. São Paulo, Companhia das Letras, 1993. p. 39).

Porém, o Brasil venceu, com muita luta e derramamento de sangue, a intentona comunista e se livrou do comunismo. Pelo menos nesse trecho da história. 

*Este parágrafo foi extraído do texto de Júlio Severo.

 

Que este texto, escrito especialmente neste dia 27 de novembro possa ajudá-lo a saber um pouco mais sobre os perigos do Comunismo e a verdade: Jesus nunca foi comunista.

Sinta-se à vontade para usar o artigo para refutar os mentirosos e traidores de Jesus e da Pátria.

 

+Pax et bonum.

 

Escrito por: Bruno de Lima – Jornalista fundador do Diário do País e do Brasil da Hora. Profissional de Tecnologia da Informação Microsoft Corporation PMC/CSP e Intel ITP. E-mail: [email protected] - Redes sociais: @brunodelimabr

 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o BRASIL DA HORA continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.