Windows 11
FENERD 3
DIARIO DO PAIS 1 ANO
BANNER A FORÇA DA VERDADE
TECH

Dono do Telegram pede desculpas ao STF e faz promessas

O dono do Telegram prometeu nomear um representante no Brasil para tratar de assuntos judiciais.

18/03/2022 21h26Atualizado há 2 meses
Por: Diário do País
Fonte: Brasil da Hora e Diário do País, com Telegram
Pavel Durov, dono do Telegram. Foto: arquivo
Pavel Durov, dono do Telegram. Foto: arquivo

Pavel Valerievitch Durov, fundador e dono do Telegram pediu desculpas ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira (18/03), após a plataforma ter sido bloqueada no Brasil por determinação de Alexande de Moraes. 

“Parece que tivemos um problema com e-mails entre nossos endereços corporativos do telegram.org e o Supremo Tribunal Federal. Como resultado dessa falha de comunicação, a Corte decidiu proibir o Telegram por não ser responsivo [...] Em nome de nossa equipe, peço desculpas ao Supremo Tribunal Federal por nossa negligência. Definitivamente, poderíamos ter feito um trabalho melhor”, disse Pavel em sua conta.

“Cumprimos uma decisão judicial anterior no final de fevereiro e respondemos com uma sugestão de enviar futuras solicitações de remoção para um endereço de e-mail dedicado. Infelizmente, nossa resposta deve ter sido perdida, porque o STF usou o antigo endereço de e-mail de uso geral em outras tentativas de entrar em contato conosco. Como resultado, perdemos sua decisão no início de março que continha uma solicitação de remoção de acompanhamento. Felizmente, já o encontramos e processamos, entregando hoje outro relatório à Corte”, explicou o dono do Telegram.

Durov também prometeu nomear um representante no Brasil para tratar de assuntos judiciais.

Confira a postagem completa, feita em inglês, pelo russo Durov:



Conheça o Jornal BRASIL DA HORA: www.brasildahora.com 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

*** 

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.