Diário do País
Microsoft EDGE
SAÚDE

OMS concorda com Bolsonaro e se diz contra obrigatoriedade da vacina da COVID-19

Com a decisão da OMS de seguir o que Bolsonaro já havia conclamado, fica nítida a experiência do presidente à frente do cargo em que ocupa.

24/10/2020 14h17Atualizado há 1 mês
Por: Diário do País
Fonte: Diário do País
48.300
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Foto: divulgação
Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Foto: divulgação

Após o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (sem partido), ter se manifestado contra a obrigatoriedade da vacina da COVID-19, a Organização Mundial da Saúde (OMS), também concordou com o chefe do executivo brasileiro nessa quarta-feira (21/10).

 

Em vídeo divulgado nessa quinta-feira (22/10), Bolsonaro disse que, após ele ter se manifestado contra a obrigatoriedade da vacina contra a COVID-19, sobretudo no Estado de São Paulo, onde o governador João Dória (PSDB), anunciou que iria comprar vacinas da China para o Estado, causando vexame e apreensão na população paulista, a OMS concordou com seu posicionamento.

 

“A OMS se manifestou contra a obrigatoriedade da vacina e é contra medidas autoritárias. Quer dizer que a OMS se manifestou depois que eu já havia me manifestado. Então, dessa vez, eu acho que eles (OMS), estão se informando corretamente, talvez me ouvindo até. Então nós temos certeza que eles não voltarão atrás nessa decisão”, disse Bolsonaro.

 

Bolsonaro também se disse contra medidas autoritárias e citou o governador João Dória: “impor medidas autoritárias só para esses nanicos projetos de ditadores, como esse cara de São Paulo aí (João Dória). Eu não ouvi dizer que nenhum chefe de Estado do mundo disse que iria impor a vacina. Isso se chama uma precipitação, é mais uma maneira de levar terror à população. Até porque tomar a vacina que ainda não tem um certo tempo de comprovação científica, fica muito difícil. Quando esse governador fala, em video, que iria obrigar 40 milhões de paulistas tomar a vacina, ele causa um pânico nesse pessoal. É um direito de cada um tomar ou não. E outra coisa, uma irresponsabilidade do governador, porque não existe uma vacina ainda eficaz e nem foi ainda ratificada pela nossa ANVISA”, afirmou o presidente.

 

Jair Bolsonaro termina o vídeo parabenizando a OMS e dizendo que eles estão começando a acertar e se informar melhor antes de emitir um juízo, uma sugestão ou uma medida que atinja todos no mundo.

 

Com a decisão da OMS de seguir o que Bolsonaro já havia conclamado, fica nítida a experiência do presidente à frente do cargo em que ocupa. 

 

 

Fonte: Diário do País 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
BrasíliaBrasília - DF Brasília é a capital federal do Brasil e a sede de governo do Distrito Federal. A capital está localizada na região Centro-Oeste do país, ao longo da região geográfica conhecida como Planalto Central.
João Pessoa - PB
Atualizado às 16h17
29°
Muitas nuvens Máxima: 30° - Mínima: 24°
33°

Sensação

20 km/h

Vento

75%

Umidade

Fonte: Climatempo
FAKE NEWS
VOCE REPORTER
ESTÁCIO
Municípios
FLAMENGO
Últimas notícias
VATICAN NEWS
Mais lidas
ANUNCIE 4
Anúncio