Microsoft EDGE
Diário do País
LUTO

Morre o senador paraibano, José Maranhão, em decorrência da COVID-19

Paraíba perde um dos principais nomes da política estadual

08/02/2021 22h00Atualizado há 4 semanas
Por: Diário do País
Fonte: Diário do País, com Camila Bezerra
21.048
Senador José Maranhão durante trabalhos no Senado Federal. Foto: arquivo
Senador José Maranhão durante trabalhos no Senado Federal. Foto: arquivo

Faleceu na noite desta segunda-feira (08/02) o senador da Paraíba, José Targino Maranhão em decorrência de complicações ocasionadas pela covid-19. Ele estava internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo desde o início de dezembro de 2020 para se tratar da doença. O senador se recuperou da covid-19, mas teve uma piora no seu quadro e acabou não resistindo.

Natural da cidade de Araruna, José Maranhão tinha 87 anos de idade e era casado com a desembargadora Maria de Fátima Bezerra Cavalcanti. Ele deixa dois filhos, Leônidas Bezerra Targino Maranhão e Maria Alice Bezerra Cavalcanti Maranhão.

A carreira política de José Maranhão se confunde com a própria trajetória do Estado da Paraíba, já que ele esteve presente em vários momentos memoráveis. Ele ficou conhecido pelo título de 'Mestre de Obras' devido aos investimentos e obras em várias cidades da Paraíba, durante os mandatos como governador.

José Maranhão foi diagnosticado com covid-19 no dia 29 de novembro de 2020. No fim do segundo turno das eleições em João Pessoa, o senador foi internado em um hospital da capital, após ter acompanhado todo o pleito de forma ativa. Ele foi transferido para a Unidade de Tratamento Intensivo do hospital da Unimed em João Pessoa no dia 3 de dezembro e no dia seguinte, transferido para o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo.

Mesmo curado do quadro de covid-19, Maranhão precisou permanecer internado na unidade de saúde para tratar um quadro de insuficiência respiratória, ocasionado pelo vírus. 

O senador José Targino Maranhão iniciou sua carreira política no ano de 1955 como deputado estadual da Paraíba. Desde então, ele acumulou diversos cargos políticos em sua carreira. Maranhão já foi, além de deputado estadual, deputado federal, vice-governador, governador da Paraíba e senador.

Após vários mandatos como deputado estadual e federal, Maranhão foi eleito como vice-governador na chapa encabeçada por Antônio Mariz no ano de 1994. No ano seguinte, 1995, ele precisou assumir o posto de governador da Paraíba em decorrência da morte de Mariz. Em 1998, foi reeleito governador da Paraíba após uma disputa interna no PMDB com Ronaldo Cunha Lima. Em 2002, José Maranhão renunciou ao Governo do Estado para disputar o cargo de senador, sendo eleito com votação recorde na época. 

Em 2006, Maranhão se candidata novamente ao cargo de governador da Paraíba, mas é derrotado por Cássio Cunha Lima, reeleito em segundo turno. No entanto, após a cassação de Cássio Cunha Lima, José Maranhão é conduzido ao cargo de governador da Paraíva em 17 de fevreiro de 2009. Pela terceira vez no cargo, Maranhão tenta uma nova reeleição, mas acaba perdendo o pleito para seu adversário no segundo turno, Ricardo Coutinho. Em 2012 Maranhão ainda disputou a eleição para Prefeitura de João Pessoa, mas também não logrou êxito.

Já em 2014 Maranhão foi candidato ao cargo de senador novamente, sendo eleito com 647.271 votos (37,12% dos votos válidos). Em 2018 tentou novamente a eleição para o cargo de governador, mas acabou não tendo êxito no pleito.

Aos familiares, amigos, eleitores e admiradores de Zé Maranhão, as mais sinceras condolências por parte de todos que fazem o Jornal Digital Diário do País. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários