BANNER A FORÇA DA VERDADE
Microsoft EDGE
Diário do País
CARDIOLOGISTA

Bolsonaro confirma o paraibano, Marcelo Queiroga, como novo ministro da Saúde

Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Queiroga será o quarto a assumir ministério

15/03/2021 20h10Atualizado há 3 semanas
Por: Diário do País
Fonte: Diário do País, com Imirante
22.949

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro escolheu, na noite desta segunda-feira (15), o médico Marcelo Queiroga para assumir o Ministério da Saúde, substituindo Eduardo Pazuello. Presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Queiroga se reuniu com Bolsonaro no Palácio do Planalto durante a tarde, e a nomeação será publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (16). 

"Foi decidido agora à tarde a indicação do médico, doutor Marcelo Queiroga, para o Ministério da Saúde. Ele é presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia. A conversa foi excelente, já conhecia há alguns anos, então não é uma pessoa que tomei conhecimento há poucos dias. Tem tudo no meu entender para fazer um bom trabalho, dando prosseguimento em tudo que o Pazuello fez até hoje", confirmou Jair Bolsonaro a apoiadores na chegada à residência oficial do Palácio da Alvorada.

Antes da reunião com Marcelo Queiroga, Jair Bolsonaro teve duas conversas com a médica Ludhmila Hajjar, mas a negociação fracassou. Especialista no tratamento contra o novo coronavírus (Covid-19), Hajjar revelou que não houve "convergência técnica" com o presidente e não aceitou o convite para se tornar ministra.

Marcelo Queiroga será o quarto ministro da Saúde desde o começo da pandemia da Covid-19, há pouco mais de um ano. Antes de Queiroga, comandaram a pasta o médico e ex-deputado Luiz Henrique Mandetta, o médico Nelson Teich e o general Eduardo Pazuello. O Brasil acumula mais de 278 mil mortes em razão da doença.

Saiba mais

Nascido em João Pessoa, Marcelo Queiroga é formado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba e fez residência em cardiologia no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro. O novo ministro da Saúde tem especialização em cardiologia, com área de atuação em hemodinâmica e cardiologia intervencionista.

Em dezembro de 2020, Marcelo Queiroga foi indicado por Jair Bolsonaro para ser um dos diretores da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), mas a indicação ainda não foi votada pelo Senado Federal. No currículo enviado ao Senado, Marcelo Queiroga revelou ser diretor do Departamento de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (Cardiocenter) do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, em João Pessoa, e cardiologista do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita (PB).


Acompanhe o Diário do País nas redes sociais: @portaldiariodopais

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
João Pessoa - PB
Atualizado às 21h40
25°
Muitas nuvens Máxima: 32° - Mínima: 21°
25°

Sensação

8.5 km/h

Vento

89%

Umidade

Fonte: Climatempo
FAKE NEWS
ITech 10
VOCE REPORTER
ESTÁCIO
Municípios
FLAMENGO
Últimas notícias
VATICAN NEWS
Mais lidas
ANUNCIE 4