Diário do País
Microsoft EDGE
BANNER A FORÇA DA VERDADE
GOVERNADOR DE MG

CPI da Covid está atrasando reformas importantes para o país, diz Zema

Governador de Minas Gerais teceu críticas a CPI da COVID-19.

01/06/2021 14h03Atualizado há 2 semanas
Por: Diário do País
Fonte: Diário do País, com Conexão Política

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), criticou a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, que está em andamento no Senado Federal.

Em entrevista à CNN Brasil, o mineiro analisou o cenário político do país.

Na visão de Zema, a CPI “com toda a certeza está atrasando reformas importantes” para o Brasil, como a reforma administrativa e a reforma tributária.

“O que o brasileiro quer é comida no prato, é vacina no braço, e o que o governo precisa fazer são as reformas, que vão possibilitar isso. Nós precisamos hoje de uma reforma tributária, de uma reforma administrativa, é isso que vai fazer com que o Brasil deixe de ser um dos países que menos cresce no mundo”, declarou o governador.

Ainda segundo ele, o ‘foco do Legislativo’ deveria estar centrado nas reformas, e não “em CPIs que acabam não trazendo nenhum resultado”, frisando que “são redundantes em termos de investigação por outras instituições públicas”, a exemplo da Polícia Federal (PF), do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Ministério Público Federal (MPF), que possui ‘ferramentas mais adequadas’.

 

Redes sociais do Diário do País:

@portaldiariodopais

@brunodelimabr

 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o DIÁRIO DO PAÍS continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Compartilhe nosso conteúdo. 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários